Artigos

O tempo
da inovação

O mundo digital cria muitos mitos e até vocábulos. No início da internet, aprendemos o que eram bytes, memória, browser e website. Agora, no reino das mídias sociais, estamos envolvidos por engajamentos, memes, influenciadores e tantos novos termos.

Não adianta, porém, colocar uma hashtag numa camiseta e fazer de conta que é moderno e inovador. No fim das contas, o protagonista digital (e real) vai ser aquele que cultiva a sua intimidade com o cliente.

Nesse ponto, tenho lugar de fala (utilizando aqui um termo que vem se tornando clichê) para falar sobre a Riachuelo. A nossa casa mostra que uma empresa de 72 anos pode, sim, ser muito inovadora.

A abertura da loja no Shopping Morumbi, em São Paulo, mostra como os canais digitais e físicos funcionam muito bem juntos. Essa unidade é um passo à frente em relação a omnichannel, multicanal e ecommerce. Estamos falando do new retail. Isto significa atuar nas várias esferas da loja, do site, das mídias sociais e todas as interatividades possíveis. Tudo ao mesmo tempo.

Pronta para todos os públicos, a loja ocupa os seus 2.290 metros quadrados divididos em muitas áreas: acessórios, beachwear, beauty, calçados, eletrônicos, feminina, fitness, geek, infantil, lingerie e masculina.

Essa nova unidade parece uma viagem imersiva em um filme de ficção científica. E o melhor: essa imersão é pura realidade. Os provadores, por exemplo, apresentam um espelho interativo. Possibilita consultar mais cores e verificar tamanhos disponíveis com um simples toque. O espelho virou uma tela, que abre um universo de possibilidades.

A loja apresenta o estágio mais avançado em termos de tecnologia atual. Vai marcar época. E o mais desafiador é que estamos vivendo a etapa anterior que será a libertação da tela de celular. Essa telinha vai ser substituída pelo projetor retinal. Além disso, teremos a combinação do projetor retinal com a interface de voz. Isso vai trazer um grau de liberdade para o usuário nunca antes visto. É inimaginável.

Sem falsa modéstia, a Riachuelo está preparada para esse futuro. Trata-se de uma empresa equipada para darmos um salto da transformação digital. Mesmo com uma bagagem de sete décadas, não perdemos a inquietude e a busca da inovação. Aliás, isso é fundamental em uma empresa de moda.

A nossa base física é bem enraizada com 320 lojas nos 27 estados e no Distrito Federal. Temos também uma presença forte no mundo digital, com vínculos financeiros com 31 milhões de titulares do cartão Riachuelo. Isso vai nos permitir atender o cliente por todos os lados. A transformação dos meios de pagamento é outra revolução. Enquanto os bancos sabem o “quanto”, os varejistas sabem “o que” e “como”.

É o conhecimento dessas dezenas de milhões de clientes que nos permite criar um canal aberto com quem está do outro lado do balcão. No fim das contas, esta é a essência do varejo.

«   Voltar